Viagens

A cidade nada morta de Jeca Tatu!!

Taubaté, a cidade nada morta de Jeca Tatu by Juliana Veiga

Taubaté é o berço de duas das figuras mais emblemáticas do folclore brasileiro. Monteiro Lobato e Mazzaropi colocaram esta cidade do Vale do Paraíba, em São Paulo, no mapa turístico do Estado. Conhecer os lugares onde eles viveram e criaram um grande mundo de fantasia é um grande programa e faz parte do roteiro histórico cultural da “Cidade Morta”.

emilia, sitio do pica pau amarelo,juh veiga, jornalista, lemondelittah, blog ribeirao preto, talita alves rio de janeiro 01O primeiro lugar a se conhecer é a chácara onde Monteiro Lobato passou boa parte da infância, ganhou o nome de seu maior feito, Sítio do Pica-Pau Amarelo. Visitado por diversas gerações, o espaço de 20 mil metros quadrados de área verde é freqüentado pelos personagens dos livros, que podem ser vistos passeando pela propriedade. O sítio também tem um Museu Histórico e Pedagógico, que conta com uma biblioteca e todo o acervo infantil do autor.

emilia, sitio do pica pau amarelo,juh veiga, jornalista, lemondelittah, blog ribeirao preto, talita alves rio de janeiro 02Em seguida, é interessante conhecer o Museu Mazzaropi. Lá, a diversão fica por conta dos objetos, cenários, fotos de gravações e o acervo cinematográfico do artista, com mais de 30 títulos, do período de 1950 a 1970, em sua maioria protagonizados pelo caipira mais querido do Brasil, Jeca Tatu.

mazzaropi, sitio do pica pau amarelo,juh veiga, jornalista, lemondelittah, blog ribeirao preto, talita alves rio de janeiro 01

jeca, sitio do pica pau amarelo,juh veiga, jornalista, lemondelittah, blog ribeirao preto, talita alves rio de janeiro 02

Quem for para Taubaté em abril, deve preferir a segunda metade do mês. Isto porque a Cidade realiza a Semana Mazzaropi & Monteiro Lobato, para celebrar a contribuição cultural no cenário nacional. A programação conta com exposições fotográficas e de objetos, apresentações de filmes e peças teatrais, além de saraus e serestas. O evento movimenta o Sítio do Pica-Pau Amarelo, o Teatro Metrópole e os parques Monteiro Lobato e Vale do Itaim.

Mas não é só no mundo encantado que vive Taubaté. Existem 12 museus na Cidade, contanto a história do Vale do Paraíba, que é uma atração à parte.  Pode-se conhecer o Centro Cultural, formado por quatro museus históricos, dentro de uma mansão que já foi morada de um barão do café.

Peregrinos, católicos e simpatizantes religiosos podem assistir as missas na paróquia local, com o padre Fabio de Melo, e conhecer o Convento Santa Clara, de arquitetura colonial e o Museu de Artes Sacras, além das 20 igrejas de diversas épocas, existentes na Cidade.

Outro espaço peculiar é a Casa do Figureiro, um lugar aconchegante onde o barro e a argila ganham vida, nas mais diversas formas e cores, desde 1850. São figuras de animais, imagens religiosas, que nascem das mãos de diversos artistas locais.

Povoado pelos imigrantes italianos no século 19, o Vale do Paraíba apresenta diversas cantinas e restaurantes típicos. Durante o dia, estes locais charmosos convidam para provar seus vinhos e suas massas, queijos e embutidos. O point é o distrito de Quiririm, comunidade tradicional italiana. Vale visitar o Mercato della Colônia, referência máxima no assunto e o Museu da Imigração Italiana, localizado no Bairro.

emilia, sitio do pica pau amarelo,juh veiga, jornalista, lemondelittah, blog ribeirao preto, talita alves rio de janeiro, museu quiririm

A vida noturna, em Taubaté, fica por conta dos inúmeros bares e botecos, cada um com seu charme particular. Para quem quer continuar na onda dos imigrantes, tem o Boteco Germânia, com petiscos tradicionais alemães, pratos criados pelo cheff Ildnei Garcia e o bom e velho chopp, que sai estupidamente gelado da serpentina.

Taubaté fica cerca de 130km de distância da capital, São Paulo. Pode-se chegar pela Via Dutra ou pela Rodovia Carvalho Pinto. Quem quiser mais informações sobre os passeios e hospedagem, pode entrar em contato com a Secretaria de Turismo pelos telefones (12) 3622-4345 e 3622-4837.

Para informações sobre as missas e visitações, a Mitra Diocesana de Taubaté atende pelo telefone (12) 3632-2855, em horário comercial.

Com relação aos museus, pode-se entrar em contato através da Divisão de Museus de Taubaté, pelo (12) 3625-5059, ou diretamente com a administração dos locais:

Sítio do Pica-pau Amarelo (12) 3625-5062

Museu Mazzaropi (12) 3634-3447 / agendamento de visitas 0800-11-7877

Casa do Figureiro (12) 3624-5983 e 3621-3096

Circolo Italiano de Taubaté (12) 3686-3340

Gostaram??

Toda semana novos destinos turísticos by Juh Veiga – jornalista.

Usem a hashtag #lemondelittah para seus looks – ( fitness também vale), e apareçam aqui e no Portal R7 da Record.

bjs, bjs.

Fotos: Juh Veiga

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

17 + onze =